Ligue e marque a sua consulta!

284 098 024

VISITE-NOS

R. Luís de Camões, nº 35

7800-508 Beja

LIGUE

Tel: 284 098 024

Fax: 284 092 057 Telm: 910 744 695

  • Facebook - Black Circle

© 2016 IDBL-Instituto Médico-Dentário de Beja │ Design: João Nunes

faqs

1

8 PERGUNTAS FREQUENTES

Qual a importância da saúde oral?

Uma boa saúde oral contribui para uma maior longevidade, melhora a auto-estima e as relações   interpessoais e sociais. Vários estudos comprovam que uma má saúde oral aumenta o risco do aparecimento de doenças como a Osteoporose, problemas Cardiovasculares, Diabetes e doença de Alzheimer. Estudos recentes associam doenças gengivais a partos prematuros e ao nascimento de crianças com baixo peso.

2

Com que idade se deve ir pela primeira vez ao Dentista?

A partir do momento em que nasce o primeiro dente e até mesmo antes, a cavidade oral do seu bebé merece toda a sua atenção e cuidados diários para os quais se poderá aconselhar com o seu Médico Pediatra ou Médico Dentista. Para a manutenção de uma boa saúde oral, recomenda-se uma primeira consulta de Medicina Dentária Infantil (Odontopediatria) nunca depois dos 3 anos de idade. A empatia que o seu bebé irá criar com esta consulta depende muito desta primeira experiência no momento certo e com os devidos cuidados.

3

Qual a periodicidade com que devo visitar o meu Médico Dentista?

É preconizada uma consulta periódica de controlo/manutenção a cada 4 a 6 meses. No entanto, a saúde oral varia muito de indivíduo para indivíduo. Siga sempre as sugestões do seu Médico Dentista.

4

Dentista é sinónimo de dor?

Não. A Medicina Dentária moderna utiliza técnicas e procedimentos que eliminam esta preocupação, quer durante a intervenção quer no período pós-intervenção.

No período pós-intervenção, em alguns casos, poderá surgir alguma sensibilidade temporária, nomeadamente por efeitos termo-mecânicos.

5

É possível substituir restaurações de "amalgama escura" (vulgarmente conhecida por "Chumbo"), por materiais semelhantes aos dentes ?

Sim. Existem actualmente materiais que cumprem esta função, sem que isso influencie a longevidade dos dentes tratados, com resultados estéticos e mecânicos naturais.

O que distingue um Implante de um Pivot?

6

Um implante é uma estrutura artificial, geralmente em titânio, que substitui a raíz de um dente perdido ou extraído e que como tal é colocada na espessura do osso maxilar ou mandibular.
Um "pivot" ou coroa é um recurso protético em que se substitui a coroa de um dente natural quando, não tendo esta viabilidade funcional ou estética, a raíz se encontra em condições de permanecer em boca permitindo uma boa reabilitação.

7

As Patologias ou Doenças Gengivais afectam significativamente a integridade dentária?

Sim. Quando não tratadas culminam em perda dentária com consequente limitação funcional. Existem diferentes tipos de patologias gengivais, sendo as principais a "Periodontite", que afecta cerca de 50% da população adulta, e a "Gengivite", que afecta 75% da população jovem. São ambas tratáveis. A identificação precoce é fundamental para um tratamento eficaz e sem sequelas.

8

Devo ter em consideração os "casos" que vou conhecendo?

Note que não existem casos iguais e as circunstâncias que envolvem cada caso possuem muitas variáveis. O aconselhamento profissional e especializado é o melhor garante para que possa fazer opções fundamentadas e consistentes com o seu caso particular.